Viajar para o exterior durante a pandemia - fique atenta!

2020 abalou com o psicológico de muita gente. Ficar confinado em casa testou os limites de todos em várias áreas da vida - algumas a gente nem sabia que existia. Por isso muitos não veem a hora de arrumar as malas e cair neste mundão.


Mas como eu disse, a pandemia do Covid - 19 não está facilitando a vida de ninguém. E caso seus planos seja uma viajem internacional, mais especificamente a Europa, se prepare para fazer o dever de casa e entender todos os requisitos exigidos.


Recentemente voltei para a Bélgica com meu filho de 5 anos. A primeira prova começa aqui: a Europa está sendo bem restritiva no quesito pessoas que podem entrar aqui. Para isso, é necessário ser residente no país e poder provar isso ( este texto foi escrito no dia 18/03/2021. Voltei no dia 12/03). Caso contrário você precisa ter um motivo muito válido para poder viajar por aqui. Mais sobre estes motivos neste link.


Muito bem, então você tem um motivo válido e tem todos os papéis para provar isso. E agora? Agora é saber quais são os requisitos para viajar, ou seja, se o teste PCR para Covid - 19 é obrigatório ou não>


Muita atenção nesta hora! No meu caso foi assim: no site oficial da Bélgica dizia que quem é residente no país era obrigado a fazer o teste no primeiro e sétimo dia desde a entrada no país. Tinha que passar por Zurique, na Suíça, e o site oficial da Swiss dizia que para passageiros em trânsito, desde que não saíssem do aeroporto não precisavam apresentar teste negativo. Tudo resolvido? Não!


Na hora do meu check - in no aeroporto de Confins fui barrada por não ter o teste nem meu nem do meu filho. Chorei, reclamei, argumentei, mas não adiantou, não pude sair.

Por que? Mesmo que o meu destino não exigisse o teste, o governo brasileiro exigia tal para saída do país. Resultado? Tive que fazer o teste no Brasil, assim que cheguei na Bélgica e no sétimo dia também, porque eles não aceitaram o teste brasileiro (ah, este tem que ser em inglês).

Moral da história: viajar era cansativo, mas agora com a pandemia ficou mais ainda. Uma viagem que normalmente demora umas 15 horas durou 34:45hrs. Sim, é muita coisa.


Então, fique atenta ao que você precisa para fazer uma viagem tranquila, relax. Sempre confirme os fatos, pois uma companhia aérea diz uma coisa e a outra diz outra coisa diferente (sim, isso também aconteceu comigo. A Latan disse que meu filho não precisava do teste e a Swiss exigiu. Na Bélgicia o teste não é obrigatório).


Ultima dica: fique atenta pois algumas linhas aéreas oferecem descontos na hora de fazer o teste. Entre no site e confirme.


Mais uma: não se esqueça que o teste tem que ter no mínimo 48 horas e no máximo 72 horas de validade. Teste rápido de PCR só sai em 5 horas caso seja feito no aeroporto. Caso contrário você recebe o resultado em 24 horas.


Quer saber mais sobre os últimos updates da Comição Européia? Este link vai te ajudar a tirar suas dúvidas.